domingo, 26 de março de 2017

Mais um dos bons.

Mais uma jornada dura de pesca, nas noites geladas de Inverno.
Arranquei mais o Mário para o nosso spot deserto, noite húmida e fria, com os planos bem traçados, tentar apanhar um peixe bom.
Depois de penar no frio a sorte virou mesmo, o Mário com 1 hora de pesca dá o tal grito Joãooooo, estava a luta com um belo peixe, dei uma ajuda e fui busca-lo a escoa, mais um belo tarolo de inverno.
 
4Kg e pouco mais um lindo robalo.
 
Como é obvio, fiquei mais uma vez muito contente por ele, tradicionais fotos da praxe e toca a pescar, as minhas canas pareciam estacas, o Mário de vez enquanto vinha a arca por um peixeco, um bom sargo e um bom linguado iam dando cor a arca, a atividade era pouca e já ao cair do pano, safo a grade com um robalote de 1,3Kg, nada mau.
 
 
Mais uma jornada positiva, onde tiramos muitas ilações e conhecimentos de como pescar neste spot, apesar de haver pouca actividade.
 
Passei por o quintal do Marafado PJ e tirei uma foto a onde ele se vai banhar no Verão.
 
 
Depois fui ao quintal do lobo do mar
 
 
Aproveitei e fui malhar um tinto com o amigo Pedro.
 
 
 
Para finalizar o Mário e o seu troféu.
Boas fainas.
 


sábado, 18 de março de 2017

O dia do Mário.

Viva malta.
Com a sorte do meu lado, já era a altura certa dela passar para o meu amigo Mário.
Depois de muito trabalho a preparar um carro de carnaval, conciliar trabalho por turnos e o vicio da pesca, lá arranjamos tempo para matar o vicio.
Mais uma noite gelada onde a actividade era nula, quando já por minha obrigação, o Mário só pescava porque eu ensistia para aguentar, tinha-mos ido para um pesqueiro deserto, e espalhamos 6 canas bem iscadas, quando já fora de horas oiço um grito de desespero jooooaaoooo.
Dei um sprint e senti que era a hora dele, nem que tivesse que entrar na água, tanto como ele queria por o peixe cá fora.
Na escoa sem o Mário ver ainda dentro de água agarro-o pelos colarinhos e dou grito de satisfação, entrego o troféu ao meu amigo.

Quase a  bater os 5kg era o record dele.

Deixo agora aqui o nosso trabalho carnavalesco, muitas semanas de trabalho, mesmo sendo um carro pequeno, uma experiência nova para mim, ao qual aprendi muito.



Para terminar fica também umas fotos de capturas diferentes.

 Grelhada
Caldeirada
 Lanche
O petisco possivel no meio de tantos afazeres carnavalescos.
Boas fainas.

domingo, 12 de março de 2017

Dia Robaleiro

Boas malta, mais uma noite gelada, depois de uma madrugada dura...
Resumindo, num domingo à noite fui ás duas da manhã mandar umas pedradas, peixes esses que já postei aqui, onde apanhei 3 robalos acima de quilo, pois bem nesse dia nem dormi, fui direto para o trabalho, quando ao meio da manhã o Mário telefona-me a desafiar, para ir ao fim da tarde, tive mesmo para não fazer esta pesca, mas como ele tem uma carrinha com tração, iria-mos explorar um pesqueiro deserto, longe das praias aqui ao pé de casa, dizendo bem, com a leiteira que eu andava, era mesmo de aproveitar a boleia.
Estava de rastos, mas lá fui eu, antes de anoitecer já tinha as 3 canas de molho, num mar que parecia uma lagoa, coisa rara aqui até mesmo no verão.
Como já vinha com o ritmo da madrugada com 3 robalotes bem jeitosos, a sorte estava comigo, e iria continuar neste dia, passado meia hora já tinha em seco um belo robalo de 3kg e pouco.
 
 
A pesca fluía bem, e ia saindo uns peixes, no meio de umas bailas já jeitosas, apareceu mais um robalo de 1.4Kg...
 
 
Pescava com 2 anzois em duas canas e um noutra, quando o peixe só saia no anzol de cima da cana da esquerda, resolvi passar o anzol que trabalhava sozinho, para cima e com um estralho mais curto, e passar a despectiva cana para a esquerda, afastada do spot que estava e a coisa resultou, cá de longe vejo que a cana levou uma pancada seca e ficou bamba, fui nas calmas pois parecia um zombie de cansaço, e agarro-me a cana, vi logo que era mais um boca larga e com força, quem me dera trabalhar os sargos da pedra, numa praia destas, ahahahahhaha, um gajo afina o drag e põe o menino em seco com alguma calma, que eu nunca pensei em a ter quando ferra-se um bicho destes.
 
 
Um belo robalo de 5 kg
O Mário mais  uma vez não teve sorte, ás 11 da noite já estávamos na carrinha com um frio maluco de menos 3 graus como comprova a foto de baixo.
 
 
Arca composta com 3 bonitos robalos
 
 
Mais uma vez não há petisco aqui no post, ficam para completar fainas mais fracotas.
 

A cara não engana, estava mesmo de rastos.


 
Boas fainas malta